“o dever, como todos os deveres, está no presente” – c. s. lewis

“A tarefa de planejar o trabalho de amanhã é dever de hoje; embora o seu material seja emprestado do futuro, o dever, como todos os deveres, está no presente”

– c. s. lewis Estar com consciência no momento presente não significa viver uma vida sem pensar em seus atos ou nas consequências dos mesmos. Para os estoicos, é muito pelo contrário! “Você deve estar não somente presente em corpo, mas vigilante na mente, se você quiser aproveitar a oportunidade fugaz. Consequentemente, olhe ao redor por uma oportunidade; se você a vê, agarre-a, e com toda sua energia e com toda sua força dedique-se a esta tarefa – livre-se daqueles outros afazeres”. – sêneca

O passado já foi para a morte, o futuro é incerto; porém há espaço para o aprendizado do que ocorreu e para o planejamento do futuro (inclusive a previsão do que pode dar errado – Premeditatio Malorum).

Você fez o possível no momento, assim espera-se, com as ferramentas que tinha nas mãos. Pronto. O que você traz para o hoje que pode fazer de você uma pessoa melhor? É isso o que importa. Evite os martírios de uma mente inquieta, que se cobra só por se cobrar. Abandone o sofrimento autoimposto. Reavalie, tire suas lições, siga a sua caminhada.

Para o futuro, planeja-se; mas viva o processo hoje, evitando o foco apenas nos resultados. A linha de chegada é fugaz. Na maior parte do tempo, estamos no “treino”, tentando melhorar o nosso tempo,força, agilidade e resistência.

alanis morissette canta na música Incomplete:

“Eu corri e suei minha vida toda | Com urgência para uma linha de chegada | E eu tenho sentido falta do arrebatamento esse tempo todo | De estar para sempre incompleta”

Então, pegue as suas virtudes e aja. Aja para o bem. Utilize o seu tempo com amor e sabedoria. Faça o que é correto e o que você deve fazer. A ação alivia a angústia. A ação produz potência. Se o hoje exige mudanças, planeje agora! Mas não apenas sonhe. Não transforme a ilusão em um forma de procrastinação. Sinta o arrebatamento do agora, mesmo que você ainda se perceba “incompleta”.




Referências:

cartas de um diabo a seu aprendiz

cartas de um estoico, volume i, de sêneca TEXTO ESCRITO POR - LINA TÁVORA https://irmaosestoicos.com/2021/08/10/e-dever-de-hoje/







9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo